BLOG DO TOB | 27/08/2017
TORNOZELEIRAS, CHAVES, ETC.


TORNOZELEIRAS, CHAVES, ETC.
Na capital do estado, Porto Alegre, faço visitas periódicas em visitas ao meu filho mais jovem, estudante de letras na Universidade Federal. Mora na Érico Veríssimo, próximo da Zero Hora. Local privilegiado, muito movimento de veículos, de pessoas, etc. Local aparentemente seguro com respeito as criminalidades, certo? Na disso! É um bairro com todas as inseguranças que se vê na televisão diariamente. Quando se observa as pessoas transitando, pensamos que estão tranquilas, mas é apenas aparente esta tranquilidade. Para variar, o prédio onde está localizado o apartamento do João, teve um dos apartamentos roubados seus utensílios, como televisão, notebook, entre tantos objetos da pessoa moradora ao lado, vizinhos. Não foi arrombado, as fechaduras estavam intactas, como entrou o ladrão não se sabe, mistério. Bem, aí foi correria para arrumar a porta de grade do nosso apartamento, pois a fechadura, dessas modernas estava com problemas, assim também fizeram os demais moradores, acho que tem uns dezesseis apartamentos no prédio, correria total! Mas o fato que me chamou à atenção foi de que ao procurar um chaveiro, achei vários em uma rua só! Coisa de louco, virou um baita comércio fazer chaves! São os tempos modernos, hoje temos um gasto extra para nossa segurança, muitas portas de grades com fechaduras modernas, carros com alarmes, circuito de TV com câmeras, é por aí. Pense bem quanto temos que gastar para nos sentir mais seguros, eu disse para nos sentir mais seguros, pois segurança total é difícil, impossível! Esta de roubar está ficando uma profissão interessante, embora tenha seus riscos, é uma profissão rendosa. Nossa! O que foi que eu disse!
Na verdade, é uma profissão rendosa mesmo, e hoje está pouco perigosa, pois, se roubarmos um valor alto, é certo que ficamos fora do xilindró! O Estado possui atualmente presídios modernos que são as famosas tornozeleiras eletrônicas, aliás, são agora novos produtos do nosso tempo, basta o sujeito cometer um crime dos bons com muito dinheiro, logo ele contrata um desses advogados de categoria, pronto, colocam no camarada uma dessas tornozeleiras que logo vão cumprir sua pena em casa, legal esta! Como dito antes, são os novos produtos da era moderna as portas com grades que tenha fechaduras seguras, circuito de TV, alarmes nos carros, tornozeleiras eletrônicas, etc O único jeito de se resolver o problema, falando sério agora, é manter os larápios na cadeia, e para isto sabemos que muitos presídios devam ser construídos, e ao que parece o Estado está tomando algumas tímidas soluções, como o aumento dos efetivos da brigada militar, e aberturas de novas vagas nos presídios em construção. Aguardemos.


comentários
Clique para comentar

enviar comentário