JUSTIÇA | 28/07/2020
Após pedido do MP, acolhido pelo PJ, homem preso durante Operação Raise continuará na cadeia


A Promotoria de Justiça de Palmeira das Missões, no último sábado, em plantão, ofereceu denúncia por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso proibido contra indivíduo que havia sido preso em flagrante pela Brigada Militar no final do mês de abril, portando duas armas de fogo, uma delas uma pistola calibre 9 mm, com seletor de rajada, transformando-a em arma automática, de uso proibido. Além disso, na ocasião foi encontrada com o detido quantia superior a R$ 34.000,00 em dinheiro, sem origem lícita comprovada.

Após a sua soltura, mediante pagamento de fiança no valor de R$15.000,00 arbitrada pela autoridade policial, a Promotoria de Justiça, diante da gravidade da situação, formulou pedido de prisão temporária do indivíduo, o qual foi acolhido pelo Poder Judiciário. Quando do cumprimento da prisão temporária, foi apreendida com o homem nova quantia de dinheiro, de R$ 1.550,00, além de drogas, permanecendo o imputado preso temporariamente por 59 dias.

A denúncia, oferecida no último dia do prazo da prisão temporária, foi recebida pelo Poder Judiciário, que também acolheu pedido de prisão preventiva, permanecendo o acusado preso para responder ao processo criminal.


comentários
Clique para comentar

enviar comentário