20ªCRE(28_11_2019) | 29/11/2019
Equipe do NTE da 20ª CRE realizam atividades de robótica educacional nas escolas


Em tempos de inovações na educação, escolas do mundo todo estão implementando em suas rotinas metodologias de ensino com base em tecnologia. Pensando em desenvolver habilidades interdisciplinares na aprendizagem, as escolas da 20ª CRE estão adotando a metodologia STEAM, tendência pedagógica que integra diversas áreas do conhecimento através da criação de projetos.
A sigla “steam” é um acrônimo em inglês para as disciplinas Science, Technology, Engineering, Arts e Mathematics (Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática). Através dessa abordagem pedagógica é possível trabalhar a interdisciplinaridade, de maneira a despertar a criatividade, a inventividade, a empatia, bem como promover o desenvolvimento cognitivo, aprimorar habilidades em áreas tecnológicas e instigar a autonomia.
Desse modo, o articulador pedagógico, Adelino Paulo Gatto, e os técnicos do Núcleo de Tecnologia Educacional da 20ª CRE, Maurício Figueiró e Ezequiel Pessotto, têm desenvolvido, juntamente com alunos e professores, atividades de robótica educacional, promovendo a investigação científica, criação de projetos, o uso da programação, o protagonismo juvenil do movimento maker.

Segundo, Gatto, “a robótica educacional é uma tendência mundial, que tem como objetivo capacitar os alunos para os desafios do futuro e desenvolver competências como criatividade, autonomia, responsabilidade, pensamento crítico e cooperativismo”.

Das 90 escolas da 20ª CRE, cerca de 60% foram orientadas pela equipe do NTE, 7 já estão produzindo invenções robóticas e uma possui uma sala maker especializada.

Estagiária de Jornalismo Bianca Manfrin
ASCOM 20ª CRE



fotos desta notícia



comentários
Clique para comentar

enviar comentário