EDUCAÇÃO | 08/11/2019
Últimas aplicações da Prova Brasil ocorrem nesta sexta-feira


A aplicação das provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2019, conhecidas como Prova Brasil, tiveram início na semana passada, dia 28 de outubro e vão até esta sexta-feira, dia 08 de novembro. Cerca de 7 milhões de estudantes da rede básica de ensino de todo país estão participando da avaliação.

As escolas da 20ª CRE foram divididas em três polos de avaliação, sendo dois de Frederico Westphalen e um de Palmeira das Missões, de acordo com as orientações do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). O polo de Palmeira das Missões teve abrangência de 12 municípios, contemplando 43 escolas municipais e estaduais. Segundo a Coordenadora do Polo do município, Marcia Mengarda, a aplicação das provas estão transcorrendo dentro da normalidade e cerca de 98% das aplicações previstas já foram realizadas.

Já os polos de Frederico Westphalen, de acordo com Neusa Oliveira, Coordenadora do Polo, englobam em torno de 80 escolas de mais de 20 municípios, onde mais de 90% delas já realizaram a avaliação.

A prova é realizada a cada dois anos desde 1990 e passou por diversas reestruturações até chegar ao formato atual. Para a edição de 2019, o SAEB trouxe inovações nos métodos de avaliação. Entre as novidades está a avaliação da educação infantil para na amostra de creches e pré-escolas públicas, realizada no estilo de estudo piloto e a participação inédita de alunos do 2º ano do ensino fundamental – anos iniciais, também realizada por amostragem. Além disso, passam a ser avaliadas as áreas de ciência da natureza e ciências humana na prova de alunos a partir do 9º ano.

O resultado desse levantamento é apurado pelo Saeb, juntamente com as taxas de aprovação, reprovação e abandono computadas no Censo Escolar e compõe o índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), medidor de grande importância para medir o desempenho escolar do país, de modo a oferecer subsídios para a elaboração, monitoramento e aprimoramento de políticas educacionais com base em evidências para as próximas gestões.



Assessoria de Imprensa da 20ª CRE


comentários
Clique para comentar

enviar comentário