ESPORTE | 09/10/2019
Igor e Luan: A pureza da criança e a paixão que vem de casa


São tempos de ódio no mundo, tempos de discussões banais, brigas por rasos motivos e mais uma vez nas crianças se busca o alento, desta vez com um tema que muito movimenta não apenas nossa Palmeira, mas todo estado: A paixão e a rivalidade Gre-Nal.

2019 tem sido um ano de decisões para Inter e Grêmio, ambos fazem um ano competitivo em campo, chegando nas fases decisivas nas competições que atuam e, óbvio, isso faz com que suas torcidas se manifestem de todas as formas. Na nossa Palmeira, as duas torcidas vivem grande momento, e fomos conversar com os proprietários dos locais das concentrações da Guarda Popular e da Palmeira é Grêmio.

Em um encontro cordial e de amizade, Yuri e Luís enalteceram o momento das torcidas locais, ambos lembrando que seus locais (Bar do Yuri e Tele-Ceva Barranco\'s) não são exclusivos de Inter e Grêmio, respectivamente. Os locais funcionam normalmente e abertos ao público geral.

Yuri comentou sobre a paixão do filho Igor, que começou a mostrar o amor pela murga, logo no início do movimento na sede atual:

- O Igor desde pequeno gostou do Inter, toda a família é colorada, com os jogos aqui no bar ficou mais fã e começou a acompanhar mais os jogos e a tocar e cantar os hinos do nosso timão.

Luís, que é proprietário da sede tricolor, também comentou o início da paixão do filho, Luan.

- Todos da famílias são gremistas, ou seja, vem de berço. Eu sempre incentivei ele a usar o manto gremista, mas o dia que notei que ele realmente era de sangue tricolor foi o dia em que ele me cobrou numa foto que tirei na Arena, onde estavam eu e a Irmã dele no estádio e ele não, aí me falou e questionou os motivos de eu não ter levado ele junto. Aí o coração bateu mais forte e comecei a incentivar mais ainda e hoje ele sempre quer ir.

Igor e Luan representam milhares de colorados e gremistas nesta semana de Dia das Crianças, e os pais Yuri e Luís deixaram uma mensagem sobre a data e o incentivo dado ao esporte, através da paixão pelos clubes.

Yuri: Devemos incentivar as crianças a torcer pelo nosso time, sempre respeitando o nosso adversário, afinal sem rivalidade não teria graça os jogos.

Luís: Dia das Crianças é o aniversário do Luan. Temos a responsabilidade de incentivar nossas crianças a seguir esse amor pelo seu clube de coração e ele terá a oportunidade de aproveitar ao lado de inúmeros amiguinhos tricolores, em evento da torcida.


Por: Deive Gessinger

fotos desta notícia



comentários
Clique para comentar

enviar comentário