360º COM GESSINGER | 08/10/2019
Deive Gessinger entrevista o cirurgião dentista Matias Korsack


Nome: Matias Lavallós Korsack.

Atuação profissional em Palmeira das Missões:
Cirurgião dentista. Atuo na clínica Korsack Odontologia Especializada e no Hospital de Caridade de Palmeira das Missões com o serviço de cirurgia bucomaxilofacial.

Olhar empreendedor sobre Palmeira das Missões:
Palmeira é um lugar aonde as oportunidades precisam ser criadas, durante a minha formação de especialista todos falavam que não teria campo aqui, foi sugerido várias vezes que procurasse um centro maior. Sempre tive em mente que minha vida seria aqui, no começo foi difícil, hoje habilitamos um serviço ao qual é referência para 26 municípios da nossa região.

Como está o serviço prestado no HC?
Após momentos de extrema dificuldade de estrutura e recursos, chegamos a um momento melhor de estruturação do serviço e crescimento.

As principais dificuldades de empreender no município?
Como dificuldade vejo que muitas vezes não é fácil montar equipe com a formação necessária para um serviço de excelência. Como relacionamento interpessoal não existe ambiente melhor que o de nossa cidade, mas é importante ter essa consciência de educação continuada e atualização permanente.

Como vê a situação geral no Estado?
Em nível de estado vejo uma recuperação lenta da situação ao qual se encontra, vai demorar para sair do vermelho, mas acredito que tem se tomadas decisões mais coerentes em relação ao governo anterior, que se mostrou impositivo em muitos momentos. Tenho esperança de melhoria nos índices de educação, que já fomos os primeiros do país, saúde com as instituições saindo da UTI e podendo dar andamentos aos seus serviços, no âmbito da segurança pública é preocupante, mas vejo valorização dos servidores e contratação de pessoal.

E em nível nacional?
Independente de governo, temos um potencial que nenhum outro país tem. É um lugar com as condições para tudo dar certo. Sou otimista a longo prazo em relação ao futuro da nação. Vejo o governo com discurso como se tivesse em campanha ainda, é hora de pensar no país e trabalhar por ele. A reforma da previdência, mesmo que eu tenha críticas pontuais, se fazia necessária, o que me preocupa é a ausência de projetos de criação de emprego, geração de renda e cortes em educação. Nossa perspectiva de crescimento anual ainda se mantém próximo próxima à zero, é necessário retomar o crescimento econômico do país com população tendo acesso a bens e serviços e fazendo a roda girar.

A importância da família:
É a base de tudo, nossas referências, uma vantagem de se morar aqui é o convívio familiar diário. Por mais que tenhamos muitas vezes oportunidades fora de Palmeira, é isso principalmente que me faz seguir aqui.

O que tem a dizer para a comunidade palmeirense?
Não posso expressar outra coisa além de gratidão. Durante as dificuldades e surpresas que a vida apresentou, foi junto com a minha família e meus conterrâneos que arrumei força para seguir em frente. Tem muito de cair e levantar e aqui sempre encontramos um mão amiga para ajudar a erguer e nos colocar em pé novamente, posso afirmar isso, literalmente.


Por: Deive Gessinger.

fotos desta notícia



comentários
Clique para comentar

enviar comentário