Léo Moura diz que erro do Grêmio foi deixar Flamengo “ter a bola | 02/08/2018
Lateral avaliou que time se desgastou por correr atrás do adversário


O Grêmio empatou com o Flamengo na Arena no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, resultado que decepcionou a torcida. Um dos atletas mais experientes do elenco, o lateral-direito Léo Moura afirmou nesta quinta-feira que o Tricolor errou ao deixar o Rubro-Negro ter muita posse de bola na etapa final. Segundo ele, o fato de correr atrás do adversário foi determinante para a equipe sofrer com desgaste de vários jogadores na partida.
“Quando o adversário tem muita posse de bola, o desgaste acaba ficando maior e quem tem a bola fica com mais perna. Lá no Maracanã eles vão querer ficar mais com a bola, mas o Grêmio também sabe fazer isso. Temos de ficar o máximo com a bola no pé, que é o nosso forte. O nosso DNA é trabalhar bem a bola, que isso cansa bastante o adversário. No Maracanã sabemos que vamos ter espaço e vamos procurar trabalhar a bola”, disse Léo Moura.

“A gente sabe que errou ao deixar o Flamengo mais com a bola. São coisas que temos de acertar para o próximo jogo”, completou o lateral.

Por cansaço, Léo Moura foi substituído no segundo tempo. Ele lembrou que treinou pouco para a partida por conta de um desgaste muscular e que isso foi determinante para não conseguir atuar os 90 minutos. “Eu treinei pouco para esse jogo, até para evitar problemas maiores. Eu estava cansado e tinha conversado com o Renato no intervalo. Ele pediu para eu avisar qualquer cansaço e fui o primeiro a levantar a mão para sair porque em um jogo como esse você tem que estar 100%”, apontou.
fonte: Correio do Povo.


comentários
Clique para comentar

enviar comentário