INTERNACIONAL | 25/07/2018
Com Inter \"descoberto\" pelo Brasil, Odair fecha treino para enfrentar o América-MG


Terceiro colocado no Brasileirão, com chances de chegar à vice-liderança nessa quinta-feira, invicto há 10 partidas no campeonato, e, agora, \"visível\" aos olhos do restante do país - ao ponto de já ser considerado pelo menos um postulante à Libertadores de 2019 -, o Inter de Odair Hellmann se fechou na manhã chuvosa desta quarta-feira para montar a equipe que enfrentará o América-MG, em Belo Horizonte.

Após a vitória sobre o Ceará, que deixou o Inter com 26 pontos, distante apenas três pontos do São Paulo, segundo colocado na tabela, o treinador colorado testou alternativas para o jogo na Arena Independência. Apesar de também estar no Z-4, assim como os recentes adversários da equipe, como Atlético-PR e Ceará, o clube de Minas Gerais costuma ser um inimigo indigesto para os gaúchos.
Em crise, o América-MG anunciou Adilson Batista como o seu novo técnico. Além disto, o time precisa dar uma resposta à torcida, que nesta terça-feira chegou a protestar contra a direção, antes do treino. Não bastasse essa \"chacoalhada\" no ânimo do elenco, o retrospecto recente dos confrontos entre as equipes no Independência não favorece ao Inter. Nos últimos jogos no estádio do América-MG, ocorreram dois empates (em 2013 e em 2017) e uma vitória mineira (2016).

O Inter tem chances reais de assumir a vice-liderança do Brasileirão nesta rodada. Para que isto ocorra, basta o Grêmio vencer o São Paulo na Arena (no jogo que se iniciará às 19h30min) por dois gols de diferença e, 30 minutos depois, no Independência, o Inter precisa ganhar do América-MG por escore mínimo. Assim, terá empatado em pontos com o time de Diego Aguirre, o superando no saldo de gols.

Sem Rodrigo Dourado, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e podendo contar com alternativas como Lucca, D\'Alessandro e Leandro Damião, todos em condições de começar a partida, Odair testou algumas possibilidades de equipe no trabalho a portões fechados no Beira-Rio.
É possível, porém, que o treinador mantenha uma formação semelhante à que iniciou a partida contra o Ceará. Sem Dourado, Charles ou Gabriel Dias será o titular. Mesmo contando com as voltas de D\'Alessandro e de Damião, Odair Hellmann pode optar por manter a dupla uma vez mais à disposição para o segundo tempo. No caso do camisa 10, além do recente retorno após mais de dois meses sem atuar, há ainda a sequência de três jogos em apenas sete dias (Ceará, América-MG e, nesse domingo, o Botafogo), e ele poderá ser \"guardado\" para a etapa final em Belo Horizonte.

Assim, a provável escalação colorada diante do América-MG terá: Danilo Fernandes; Zeca, Danilo Silva, Victor Cuesta e Iago; Charles (Gabriel Dias), Edenilson, Patrick, Nico López e Lucca; William Pottker. A delegação colorada embarcará às 13h40min rumo a Minas Gerais.
fonte: gauchazh/clicrbs


comentários
Clique para comentar

enviar comentário