Mulher é morta a facadas dentro de casa em Porto Alegre | 10/07/2018
Conforme a Polícia Civil, a suspeita é de que se trate de um caso de feminicídio



Uma mulher de 48 anos foi encontrada morta dentro de casa por volta das 18h30min de segunda-feira (9), na zona norte de Porto Alegre. Conforme a Polícia Civil, a suspeita é de que se trate de um caso de feminicídio – quando a morte da mulher ocorre em contexto de violência doméstica ou quando acontece por menosprezo à condição de mulher –, e o principal suspeito é o ex-marido da vítima.
Conforme a delegada Tatiana Bastos, que atendeu ao caso, Claudete Weber Batista havia terminado o relacionamento de 12 anos recentemente e, por conta disso, o homem – agora suspeito do crime –, deixou a casa na última terça-feira (3). Claudete permaneceu na moradia com a filha e o genro.

De acordo com familiares, o combinado era que ele buscaria seus pertences na noite desta segunda-feira. Segundo relatos, Claudete estava sozinha na residência, localizada na Avenida Sertório, no bairro Sarandi, quando o ex-marido teria chegado ao local.

– A principal linha de investigação deste caso é feminicídio. Além de sinais de estrangulamento, a vítima apresentava ao menos duas marcas de facadas no peito. A perícia irá apontar a causa definitiva da morte nos próximos dias – informou a delegada Tatiana Bastos.

O relato da morte de Claudete para a Brigada Militar foi feito pela filha dela. Conforme a Polícia Civil, ela relatou que, ao chegar em casa, encontrou as portas trancadas com cadeados e que, aparentemente, eles foram forçados com alguma ferramenta para que não fossem abertos com facilidade.

A faca utilizada para cometer o crime não foi encontrada.

Conforme a delegada, a vítima havia registrado ocorrência por ameaça em 2013. O ex-marido ainda não foi localizado.
fontegauchagzh/clic rbs


comentários
Clique para comentar

enviar comentário