No sufoco, Inter vira sobre o Corinthians no Beira-Rio | 27/05/2018
Colorado saiu atrás no placar, mas buscou vitória por 2 a 1 com gol salvador de Rossi


O Inter tentou, martelou, insistiu, e conseguiu a virada. Depois de sair atrás no placar, o Colorado derrotou o Corinthians na tarde deste domingo, no Beira-Rio, por 2 a 1, durante a sétima rodada do Brasileirão. Os gols da partida foram marcados por Matheus Vital (Coritnhians), Leandro Damião e Rossi.

Com a vitória, o Inter chegou à sexta colocação do Campeonato Brasileiro com 11 pontos. Já o Corinthians, estacionou na quarta colocação, com o mesmo número pontos. O Colorado terá como próximo compromisso o Vitória, no Barradão, na quarta-feira. O Timão será adversário do América-MG na oitava rodada e a partida será realizada no Itaquerão.

Inter domina, mas quem sai na frente é o Corinthians

Ainda sem D\'Alessandro, o Inter entrou em campo para o duelo com praticamente a mesma escalação do jogo anterior. A exceção era Klaus, que entrou na vaga de Victor Cuesta, e o substituto do argentino acabou sendo fundamental nos primeiros 45 minutos para explicar a vantagem do time paulista.
Nos momentos iniciais da partida, o Inter partiu para cima. Fez do campo de defesa do Corinthians a sua morada e deu indícios de que poderia abrir o placar em seguida. No entanto, no primeiro ataque da equipe paulista veio o vacilo da defesa colorada. Após cruzamento de Romero da direita, Matheus Vital aproveitou a indecisão de Klaus e Danilo para abrir o placar logo aos quatro minutos.

O gol deu uma certa comodidade ao Corinthians que, se pretendia criar contra-ataques contra o Inter, decidiu rever essa ideia. O time paulista voltou ao status de dominado no jogo. O Inter cercou o adversário a partir do minuto seguinte ao gol e passou a jogar com a maioria dos jogadores no ataque. O lado direito, região mais acionada pelos colorados, era explorado por Pottker e Zeca, que a todo momento davam trabalho para Sidicley, ala esquerdo do Timão. No lado oposto, Patrick era quem comandava as ações do Inter, com desarmes e arrancadas até a ponta canhota. Numa delas, o volante fez bom cruzamento para Damião. O centroavante cabeceou e a bola foi direto para a linha de fundo.

O Inter seguia com o domínio territorial e a partir disso explorava os defeitos de um Corinthians que não conseguia jogar. Aos 20 minutos, Romero foi desarmado e o Colorado armou um contra-ataque rápido com Zeca. O lateral lançou bem Damião, que subiu alto para cabecear. Tudo apontava para um bonito golpe de cabeça do centroavante, mas o camisa 22 errou o golpe, que saiu fraco.

Aos 22, o Inter apareceu no ataque. Pottker lançou Lucca na segunda trave e o atacante ajeitou para o meio da área, onde vinha Patrick. O volante emendou um chute de primeira, que o zagueiro Henrique afastou. O jogo se arrastou para o seu final com o mesmo quadro. Os donos da casa demonstravam capacidade de pressionar o Corinthians, mas faltava criativadade para criar situações que desse trabalho ao goleiro Walter.

Empate e a virada no sufoco

Inter e Corinthians voltaram do intervalo sem modificações, mas com posturas diferentes. Os visitantes avançaram suas linhas para afastar a pressão sentida na etapa inicial. O Colorado, por outro lado, procurou ser mais incisivo na hora de atacar e deu trabalho ao goleiro Walter. Aos sete minutos, Patrick fez grande jogada pela esquerda e cruzou. Damião se antecipou no lance para fazer o cabeceio, mas Walter soqueou a bola e afastou o perigo. No rebote, Lucca bateu firme e rasteiro e o goleiro fez uma boa defesa.

Em seguida, Odair Hellmann decidiu fazer uma mudança ousada. Colocou um quarto atacante em campo na vaga de Iago. Nico López serviu para dar mais uma opção na frente, além de Damião, Lucca e Pottker. Aos 18 minutos, o Inter chegou ao empate numa boa jogada de Lucca pela esquerda. Ele envolveu a marcação e cruzou com força, à meia altura. Damião apareceu livre e apenas deu de chapa para igualar o placar: 1 a 1.

O Corinthians, ainda trancafiado pelo ímpeto do Inter na busca pelo o gol da virada, conseguiu criar um lance de perigo somete aos 29 minutos. Quando Júnior Dutra, que havia entrado na vaga de Romero, levou três marcadores da direita para o centro e lançou Jadson. O meia fintou o adversário e chutou rasteiro. A bola passou perto do gol de Danilo Fernandes. O Timão tomou gosto e acumulou uma nova chance, aproveitando um vacilo de Patrick. Júnior Dutra cruzou para Matheus Vital, que livre, cabeceu para uma grande defesa de Danilo.

Aos 36, o Inter quase chegou à virada. Em uma escapada de Zeca na direita, o lateral cruzou rasante para Nico López, que ganhou da dupla de zagueiros do Corinthians no domínio. A bola se ofereceu para Rodrigo Moledo, que bateu colocado, mas Walter, com a ponta do pé esquerdo fez um milagre e evitou o segundo gol do Colorado.

Após novas chances em sequência e um gol bem anulado de Damião, o Inter chegou à virada no apagar das luzes e num lance sem malícia. Após lançamento para Rossi na ponta esquerda, o lateral Mantuan falhou e a bola sobrou para o atacante, que sem goleiro, apenas tocou para o fundo das redes, fazendo 2 a 1, colocando o Beira-Rio em chamas até o apito final.

Brasileirão 2018 – 7ª rodada

Inter 2

Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Klaus, Iago (Nico López); Dourado; William Pottker (Rossi), Edenilson, Patrick, Lucca; Leandro Damião.

Técnico: Odair Hellmann

Corinthians 1

Walter; Mantuan, Balbuena, Henrique, Sidcley; Paulo Roberto e Maycon; Jadson, Matheus Vital, Romero (Junior Dutra); Roger.

Técnico: Osmar Loss

Gols: Matheus Vital, aos 4/1º; Damião, 18/2º; Rossi, aos 46/2º

Cartões Amarelos: Iago (I); Edenilson (I); Damião (I); Maycon (C);

Arbitragem: Pericles Bassols Pegado Cortez, Clovis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (trio do Pernambuco)

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

fonte: Correio do Povo.

VEJA O VÍDEO DOS GOLS PELO MYOUTUBE

vídeos desta notícia



comentários
Clique para comentar

enviar comentário