Trocas de Renato funcionam e Grêmio vence o Ceará | 27/05/2018
Thonny Anderson marcou gol da vitória sem seu primeiro toque na bola


O Grêmio mais uma vez enfrentou dificuldades, mas voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o Tricolor contou com os acertos do técnico Renato Portaluppi nas substituições para bater o Ceará por 1 a 0 no Castelão em jogo válido pela 7ª rodada. Thonny Anderson, que havia acabado de entrar no lugar de Maicon, marcou o único gol da partida aos 35 do segundo tempo.
Com a vitória, o Grêmio vai a 12 pontos e sobe para o quinto lugar na tabela do Brasileirão. O Tricolor até poderia assumir o quarto posto, mas ficou atrás o São Paulo, que venceu o América-MG em Belo Horizonte. Ainda sem vencer no Brasileirão, o Ceará é o penúltimo colocado.

O próximo compromisso do Grêmio é na quarta-feira, às 21h45min, quando recebe o Fluminense na Arena. No mesmo dia, às 21h, o Ceará encara a Chapecoense em Santa Catarina.
O Grêmio entrou no gramado do Castelão em 11º lugar na classificação do Brasileirão, mas com a possibilidade de saltar para o quarto posto em caso de vitória sobre o Ceará. Dessa forma, o Tricolor tentou repetir o ímpeto dos jogos na Arena e iniciou pressionando o time da casa.

Logo aos 4 minutos, o Grêmio teve uma grande chance. Everton, que voltava à equipe após a lesão sofrida no Gre-Nal, dominou no peito em lançamento de Cícero e soltou um chute forte na trave direita. Na sequência, o atacante novamente apareceu com perigo, mas aí o goleiro Everson saiu rápido do gol e impediu a finalização.

O Tricolor seguiu tendo a maior posse de bola ao longo do primeiro tempo, mas as chegadas com perigo foram se tornando escassas. O Ceará, aos poucos, foi se soltando. O time da casa teve uma finalização perigosa aos 23 com Juninho, que arriscou um chute de fora da área e mandou perto. O Ceará ainda teve uma sequência de cruzamentos e escanteios. Bressan e Kannemann, porém, se mostraram sempre bem postados nos lances pelo alto.

Everton era o grande nome do Grêmio na partida. Já aos 43 minutos ele levou perigo mais uma vez. O camisa 11 recebeu pelo lado esquerdo, carregou e chutou uma bola que passou próxima do ângulo esquerdo na última chance de gol na primeira etapa.

Renato mexe no time

O segundo tempo começou com confusão da arbitragem. Logo aos 3 minutos, o árbitro Wagner Reway marcou pênalti em lance com Everton. Após consulta ao auxiliar de trás do gol, porém, ele voltou atrás e deu simulação do atacante do Grêmio em decisão acertada. Na sequência, no entanto, Reway errou contra o Grêmio. Mais uma vez o lance envolveu Everton. O atacante gremista sofreu um chute de Samuel Xavier em cima da linha. O árbitro marcou a infração, mas deu fora da área. Era pênalti para o Tricolor.

Polêmicas com a arbitragem à parte, o Grêmio seguiu com dificuldade para criar situações de gol. Assim, o técnico Renato Portaluppi começou a mexer no time. A primeira troca foi aos 13 minutos com Lima no lugar de Léo Moura - Ramiro foi para a lateral direita. Na sequência, o treinador chamou Thaciano para a vaga de André, que teve atuação apagada.

As substituições de Renato surtiram efeito, principalmente a entrada de Thaciano. Em menos de 10 minutos, ele finalizou duas vezes com perigo. Na primeira, o meio-campista fez um lance de centroavante. Recebeu passe de Ramiro dentro da área, fez o giro e chutou cruzado para grande defesa de Everson. Na sequência, Thaciano acertou uma bomba de fora da área. Dessa vez, o goleiro do Ceará tirou de soco.

O Grêmio seguia pressionando. Aos 32, Ramiro cruzou pelo alto, Thaciano escorou para Everton, que acertou um belo chute de esquerda. Mais uma vez Everson apareceu para fazer uma grande defesa.

Logo em seguida, Renato fez a terceira mudança no Grêmio: Thonny Anderson no lugar de Maicon. E essa deu mais certo ainda. Em seu primeiro toque na bola, Thonny Anderson recebeu cruzamento de Everton e cabeceou para abrir o placar no Castelão, 1 a 0.

O gol do Grêmio fez o Ceará se abrir. O time de Jorginho saiu desesperado ao ataque, mas sem muita organização. A única chance perigosa veio em chute de Douglas Coutinho de fora da área que Marcelo Grohe fez a defesa. A partida terminou mesmo assim: Ceará 0 x 1 Grêmio.

Brasileirão – 7ª rodada

Ceará - 0

Everson; Samuel xavier, Rafael Pereira (Valdo), Luiz Otávio e Romário; Juninho, Ricardinho (Douglas Coutinho); Wescley, Elton e Felipe Azevedo (Hyuri).

Técnico: Jorginho.


Grêmio - 1

Marcelo Grohe; Léo Moura (Lima_, Bressan, Kannemann, Cortez; Maicon (Thonny Anderson), Jaílson; Ramiro, Cícero, Everton; André (Thaciano).

Técnico: Renato Portaluppi.

Gol: Thonny Anderson (35min/2T)

Cartões amarelos: Richardson, Samuel Xavier, Wesley, Elton (Ceará); Ramiro, Everton (GRE)

Arbitragem: Wagner Reway (Fifa-MT), auxiliado por Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)

fonte: Corrreio do Povo.

vídeos desta notícia



comentários
Clique para comentar

enviar comentário