Novos protestos deixam diretoria do Inter indignada | 11/05/2018
Novos protestos deixam diretoria do Inter indignada


A tensão colorada só aumenta à medida em que se aproxima o Gre-Nal 416. A onda de protestos chegou a um nível que irritou o presidente Marcelo Medeiros. “Protestar, vaiar, ir a treino e cobrar dos jogadores de forma civilizada, como foi ontem (quarta) é do jogo. No futebol, se vive sob pressão”, ponderou Medeiros, em entrevista à Rádio Guaíba. “Mas o que aconteceu nesta madrugada não é coisa de torcedor. O que aconteceu nesta madrugada é crime”, condenou, de forma enfática.
fonte: Correio do Povo.


comentários
Clique para comentar

enviar comentário