20 ª CRE_ NOTA DE ESCLARECIMENTRO | 10/04/2018
Confira abaixo a nota divulgada pela Secretaria Estadual da Educação


,
Nota de esclarecimento

Governo irá terceirizar professores?



Estão circulando boatos de que o governo do Estado planeja terceirizar a Educação, mas isso não passa de manobra de má-fé.



Não há qualquer plano de terceirização em andamento. Por outro lado, a Secretaria de Educação contratou, no último ano, mais de 1.700 professores para garantir que todas as disciplinas sejam plenamente atendidas.



Atualmente, contamos com 17.088 professores contratados. Além disso, o governo ofertou cursos de qualificação para os educadores e vem mantendo constantes reuniões para aprimorar a qualidade do ensino na rede estadual.



Em 2017, o governo do Estado investiu R$ 5,5 milhões para retomar a realização do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Rio Grande do Sul (SAERS). Foi aferido o desempenho de 152 mil estudantes, e o governo está orientando a elaboração de ações pedagógicas para elevar os níveis de aprendizagem.



O número de escolas com turno integral foi ampliado de 46 para 104 estabelecimentos de ensino. Com a medida, o número de estudantes atendidos passou de 9,9 mil para 20,5 mil.



O Projeto de Qualificação da Educação Básica – Formação Continuada ocorre anualmente em dois grandes momentos de formação, durante os períodos de recesso escolar. No decorrer do semestre letivo, também ocorrem formações específicas. Os cursos, disponíveis para professores em exercício na rede estadual, qualificaram:



• 1,2 mil participantes da comunidade escolar; 965 integrantes da política de gestão da Escola, Coordenadorias Regionais e da Secretaria de Educação;



19,7 mil participantes na área de tecnologia da informação; 22,5 mil professores e servidores; 7,1 mil participantes do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa; 615 participantes no Programa Profuncionário formados.



Foram feitas ainda alterações de nível de 755 servidores da área da Educação, beneficiando 640 professores e 115 servidores. Em 2017, o governo já atendeu 1.767 solicitações de alteração de nível, contemplando professores e servidores.



Essas ações são uma prova de que o governo Sartori está empenhado em ofertar uma educação de qualidade e adequada aos anseios dos gaúchos.





Portanto, reiteramos que não há nenhuma iniciativa do Estado com relação à demissão de funcionários de escolas para realizar novas contratações via terceirizações.



Com informações do Governo do Estado, através da Secretaria Estadual da Educação.
--
Att
Assessoria de Comunicação
20ª Coordenadoria Regional de Educação
Fone: (55) 3742-9065 e 9913-4422


comentários
Clique para comentar

enviar comentário