Ramiro diz que Grêmio tem que encarar realidade do último lugar | 24/02/2018
Pré-temporada \"muito corrida\" prejudicou Gauchão, avalia o meia



O único caminho depois do fundo do poço, é para cima. Na avaliação do meia Ramiro, o Grêmio precisa encarar que é o último colocado do Gauchão, sem justificativas. \"Nossa realidade é essa, como últimos na tabela\", comentou em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Com poucos jogos de preparação, e já com responsabilidade de vencer, Ramiro reconheceu que o time busca equilíbrio. \"Estamos tentando nos estabilizar no Gauchão\", definiu. Jogar contra um adversário direto do fundo da tabela, na Arena, será uma voa vantagem, segundo o gremista. \"Vai ser importante ter o torcedor do nosso lado\", ponderou.

Ele também pediu foco total no regional, apesar da euforia com o título sul-americano conquistado na quarta-feira. \"A Recopa já é página virada, fomos campeões e comemoramos. Agora, precisamos correr atrás da máquina no Gauchão\", frisou.

Para Ramiro, o Tricolor teve um \"presente\" questionável neste começo de 2018, por ter jogado o Mundial. \"Ficou tudo muito corrido, por ter terminado as férias depois. O processo foi todo acelerado. Ainda teve a decisão da Recopa, com dois jogos importantes contra uma excelente equipe\", avaliou. \"Estamos tentando retomar tendo a pressão das partidas.\"

fonte: Correio do Povo.


comentários
Clique para comentar

enviar comentário